Quatro meses depois do massacre,10 estão presos e quatro foragidos



25 DE MAIO, SEXTA-FEIRA
No próximo domingo (27), completa quatro meses que um grupo de homens da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) executou 14 pessoas na casa de shows ´Forró do Gago´, na Comunidade do ´Barreirão´, no bairro Cajazeiras. Ontem, as apurações sobre o massacre, foram apresentadas pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), durante uma entrevista coletiva à imprensa, concedida na sede da Instituição.
Ao todo, 14 pessoas participaram direta ou indiretamente do episódio conhecido como ´Chacina das Cajazeiras´, ocorrido em 27 de janeiro último. O mentor intelectual da matança, segundo a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), foi Deijair de Sousa Silva, o ´De Deus´, de 29 anos, preso em 19 de fevereiro, em um condomínio de luxo no bairro Cocó.
Réu em outro processo, Deijair estava em regime semiaberto e era monitorado por uma tornozeleira eletrônica, antes de ordenar a chacina. A defesa do acusado diz que não foram apresentadas provas que embasem a denúncia, além de não ter tido acesso às interceptações telefônicas, que estariam sob posse dos investigadores da DHPP.
Mandantes
Além de Deijair, o inquérito identificou outros suspeitos de serem mandantes do massacre. São eles, Noé de Paula Moreira, 34; seu irmão Misael de Paula Moreira, 26; Auricélio Sousa Freitas, 35; e Zaqueu Oliveira da Silva, 36. Segundo a Polícia, Noé Moreira já estava preso no Instituto Penal Professor Olavo Oliveira (IPPOO II), cumprindo pena de 16 anos, pelo cometimento de um homicídio, no bairro Antônio Bezerra. Misael Moreira, que também foi condenado pelo assassinato, continua foragido.

Com 12 classificados, oitavas da Libertadores viram Brasil x Argentina



A conclusão da fase de grupos da Copa Libertadores, na noite desta quinta-feira (24), consolidou a hegemonia de Brasil e Argentina na edição deste ano da principal competição de clubes da América do Sul. Doze dos 16 times classificados às oitavas de final representam os dois países, rivais históricos no futebol.
Das seis equipes brasileiras que obtiveram vagas nos mata-matas, apenas o Flamengo não se qualificou como líder - ficou em segundo lugar, com dez pontos, dois atrás do River Plate.Corinthians, Cruzeiro, Grêmio (atual campeão da Libertadores) e Santos se garantiram nas primeiras colocações, além do Palmeiras, que registrou a melhor campanha desta fase, com 16 pontos em 18 possíveis, e assegurou o direito de disputar em casa as partidas de volta até uma hipotética final.
Do lado argentino da disputa, apenas o River se classificou na liderança. Atlético Tucumán, Boca Juniors, Estudiantes, Independiente e Racing passaram às oitavas em segundo lugar nos seus grupos.
A posição na tabela servirá apenas para alinhar os dois potes no sorteio dos confrontos das oitavas de final, marcado pela Conmebol para o dia 4 de junho. A composição será simples: líderes de um lado, vice-líderes do outro. A campanha não terá influência nenhuma na definição do próximo adversário. O Palmeiras, por exemplo, em anos anteriores enfrentaria o "pior" segundo colocado, o que não ocorrerá nesta temporada. 
Algumas nuances do sorteio: por estar em outro pote, o Flamengo abre a possibilidade de um duelo brasileiro valendo vaga nas quartas de final, assim como é possível ocorrer o maior clássico argentino nesta fase: River Plate x Boca Juniors. A fórmula de disputa também contribui para que confrontos da fase de grupos se repitam nas oitavas - Cruzeiro x Racing, Corinthians x Independiente, Flamengo x River, Grêmio x Cerro Porteño, Palmeiras x Boca e/ou Santos x Estudiantes.
Veja como ficarão os potes no sorteio das oitavas de final da Copa Libertadores:

Mesmo com acordo, caminhoneiros prosseguem os bloqueios



O quinto dia seguido de manifestações de caminhoneiros começa com trânsito lento. O número de impedimentos aumentou e já são 13 trechos bloqueados nas estradas do Estado. O mais recente começou nesta manhã, às 6h30min, no km 5 da BR-222, na altura do Tabapuá, em Caucaia.
Os relatos são de congestionamento intenso.
Interdição total ocorreu no sentido Fortaleza, com desvio pelo bairro Potira. Quem vai no sentido Caucaia/Fortaleza encontrou dificuldades para passar pelos bloqueios. Logo após passar da Lagoa do Tabapuá, o fluxo melhora. Uma pequena faixa está liberando a passagem.
A Polícia Rodoviária Federal está no local dando orientações. A fila de carros é extensa. Na av. Mister Hull, o relato de lentidão é o mesmo.
(O POVO Online)

No aeroporto de Brasília, combustível só dura até o fim desta manhã



As reservas de querosene de aviação no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitscheck, em Brasília, só são suficientes para a manhã de hoje (25), segundo a concessionária Inframerica. A paralisação dos caminhoneiros, que chega ao quinto dia em todo o país, impede que o combustível chegue até o aeroporto. Dois voos precisaram ser cancelado no início desta manhã.
Todos os aviões que pousarem hoje no terminal aéreo e que necessitem de abastecimento ficarão em solo até o fornecimento de combustível no aeroporto ser normalizado. O contingenciamento do combustível no aeroporto já vinha ocorrendo desde a terça-feira (22).
“Apesar do agravamento da situação, ainda não há previsão de regularização do estoque de combustível. A concessionária aguarda a liberação dos caminhões”, informou a concessionária em nota.
Nos últimos dias apenas dez caminhões chegaram ao aeroporto, todos sob escolta policial. Em dias normais, o terminal recebe uma média de 20 desses veículos. Até o início da manhã desta sexta-feira, não há registro de entrada de novos caminhões.
(Com Agência Brasil)

Bloqueios de caminhoneiros ocorrem em 24 estados e no DF, diz PRF


Greve dos caminhoneiros: Caminhoneiros bloqueiam a Rodovia dos Imigrantes, em São Paulo (SP), durante o quarto dia de greve – 24/05/2018

A greve dos caminhoneiros, que segue na manhã desta sexta-feira mesmo depois de um acordo com o governo federal, provoca bloqueios em estradas de 24 estados e do Distrito Federal, segundo levantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Com exceção do Amazonas e do Amapá, todas as unidades federativas brasileiras estão com vias interditadas para a passagem de veículos de transporte de carga.
Ao todo, diz a PRF, são 562 bloqueios em todo o Brasil, por volta das 9h da manhã. O estado que concentra o maior número de interrupções é o Rio Grande do Sul, com 74 ocorrências. Na sequência aparecem o Paraná (69) e Minas Gerais (51).
Na noite de quinta-feira, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha (MDB), anunciou um acordo com representantes dos caminhoneiros. Ficou acertado, diz ele, que o governo ampliaria para 30 dias o prazo do desconto de 10% no custo do diesel anunciado pela Petrobras – do 16º dia até o final do mês, com a União cobrindo o rombo no caixa da estatal.
Em troca, os caminhoneiros suspenderiam as manifestações por 15 dias, prazo para o Congresso discutir e aprovar a desoneração de impostos sobre os combustíveis. O custo da prorrogação estimado pelo Governo é de 350 milhões de reais, valor que ainda deverá ser atualizado.
O acordo prevê ainda que a Petrobras vai assegurar periodicidade mínima de 30 dias para eventuais reajustes do combustível nas refinarias. “Nos momentos em que o preço cai e fica abaixo do preço fixado para o diesel na refinaria, a Petrobras passa a ter um crédito que vai reduzir o custo do Tesouro”, disse Guardia.
O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, negou que essas medidas representem uma intervenção na política de preço da Petrobras. “A política de preços continua intacta até a porta da refinaria. Depois, o governo propõe uma política de preços de acordo com a realidade brasileira.”

ACOPIARA-CE: PLANTÃO REGISTRA GRAVE ACIDENTE NA VILA ESPERANÇA



25 DE MAIO, SEXTA-FEIRA
Um acidente de trânsito foi registrado na noite de ontem, na Vila Esperança, próximo ao posto de combustível e feriu gravemente uma professora identificada apenas como Eliane Pinheiro. A professora sofreu fratura exposta no braço e na perda, mas passa bem.. 
Ela trafegava numa motocicleta quando foi colhida por um veículo placa não divulgada.
O SAMU foi acionado para prestar socorro. A polícia esteve no local adotando as medidas cabíveis.

Prefeito de Itaiçaba exonera parentes depois de recomendação do MPCE



Atualizado, às 17:26
O prefeito de Itaiçaba, José Erenarco da Silva, exonerou quatro servidores, terceirizados e comissionados, lotados nas Secretarias de Educação e de Finanças, por possuírem graus de parentesco com gestores municipais, prática que constituía nepotismo. Eles ocupavam os cargos de professor, diretor escolar, coordenador de endemias e mestre de obras. Desta forma, com o referido acolhimento, restou sanada a ilegalidade objeto do Procedimento Administrativo, o qual foi arquivado no dia 21, informa a assessoria de imprensa do MPCE.
Nada de desejo próprio do prefeito, no entanto. Ele teve que acatar uma recomendação do Ministério Público do Estado do Ceará, através do promotor de justiça Edilson Azaias de Jesus.
Expedida no dia 1º de março deste ano, a recomendação requerera, ainda, que a Prefeitura providenciasse, com os desligamentos necessários, a continuidade do serviço com a nomeação ou contratação de outros profissionais, desvinculados de qualquer grau de parentesco e “portadores de aptidão e formação intelectual e funcional comprovada e compatível com os misteres dos cargos comissionados”.
Conforme solicitado no documento, a Prefeitura de Itaiçaba divulgou os atos administrativos no Diário Oficial do Município e no site oficial dentro do prazo estabelecido pela Promotoria de Justiça, por escrito, acerca da aceitação da recomendação.
Eliomar de Lima

Ministros e caminhoneiros voltam a se reunir em busca de acordo para fim de greve

Representantes dos caminhoneiros e ministros voltaram a se reunir na tarde desta quinta-feira (24) no Palácio do Planalto. O governo tenta um acordo com a categoria para encerrar os protestos contra a alta do preço do diesel pelo país.
Os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Carlos Marun (Secretaria de Governo) e Valter Casimiro (Transportes) receberam os caminhoneiros pela segunda vez em dois dias - desta vez também participou do encontro o general Sergio Etchegoyen (Segurança Institucional). Na reunião de quarta (23) o governo não fez uma proposta à categoria, apenas ouviu reivindicações.
Mais cedo, o presidente Michel Temer se reuniu com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, e ministros das áreas política, econômica, de energia e de segurança institucional. No dia anterior, Temer pediu uma “trégua” aos caminhoneiros.
G1

Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, se apresenta à PF em São Paulo



O ex-tesoureiro do PT, Delúbio Soares, se apresentou na tarde desta quinta-feira (24) à Polícia Federal em São Paulo. O juiz federal Sérgio Moro determinou nesta quarta-feira (23) a prisão de Delúbio, condenado por lavagem de dinheiro em um processo da Operação Lava Jato, em 2017.
Delúbio entrou por uma portaria reservada aos funcionários da PF. Ele foi levado ao Instituto Médico Legal, onde passou por exame de corpo de delito e voltou para a sede da PF na Lapa, Zona Oeste de São Paulo.
A defesa de Delúbio teve o último recurso negado em segunda instância nesta quarta pelos desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).
Os advogados apelaram com embargos de declaração depois que Delúbio teve a condenação confirmada e a pena aumentada de cinco para seis anos pelos desembargadores do tribunal, em Porto Alegre, em março deste ano.
Essa ação penal é um desdobramento do processo que condenou o pecuarista José Carlos Bumlai e dirigentes do Banco Schahin, por empréstimo fraudulento de R$ 12 milhões concedidos pelo Banco Schahin a Bumlai.
Conforme os desembargadores, metade do valor foi repassada para a empresa Betin e a outra parte, para a Remar Agenciamento e Assessoria, que repassou quase tudo o que recebeu à empresa Expresso Nova Santo André, com o destinatário final sendo Ronan.
De acordo com a sentença, todas essas transações que envolvem os réus deste processo seriam fraudulentas e teriam por objetivo disfarçar o destino do dinheiro. Nos autos, não há investigação sobre a motivação do PT para entregar os valores a Ronan.
Porém, o Ministério Público Federal (MPF) levantou a hipótese de uma suposta extorsão praticada por Ronan contra o PT, o que não foi esclarecido e não era o foco da denúncia, relativa ao crime de lavagem de dinheiro.
G1

Operação Policial realiza a maior apreensão de drogas em 2018 na cidade de Boa Viagem



Atualizado, ás 09:38
Denuncia leva policia a fechar “boca de fumo”, na periferia de Boa Viagem, foram apreendidas mais 1.590 trouxinhas de entorpecentes, a maior apreensão de drogas realizadas este ano na cidade.
Após denuncia a policia realizou uma operação na periferia de Boa Viagem, o Policiamento Ostensivo Geral (POG) com o apoio do Comando Tático Rural (COTAR) realizaram uma investida em residências de acusados de trafego. O comandante da 4ª CIA do 4º BPM em Boa Viagem, Tenente Renê Betran, informou a imprensa que a operação desenvolvida com êxito na tarde desta quarta-feira (23), resultou na prisão de dois suspeitos e ainda a maior apreensão de drogas realizada no ano de 2018.
O Policiamento Ostensivo Geral (POG) com o apoio do Comando Tático Rural (COTAR) realizaram operação contra o trafico de drogas na cidade, denuncia levaram as equipes a residências que estariam comercializando os entorpecentes.
A primeira invertida no bairro da Ponte Nova, foi preso Eduardo Rodrigues da Silva, com o mesmo foram apreendidas 28 pedras de CRACK, 04 trouxas de COCAÍNA e ainda 08 trouxinhas de MACONHA. Em seguida dando continuidade a operação as equipes se deslocaram para o bairro Alto do Zé Rosa, o acusado Claudemir Ferreira, vulgo “Dinha”, em sua residência foram encontrados cerca de 1590 trouxinhas de COCAÍNA.
Todo o Material foi apreendido e os dois acusados presos e conduzidos para a Delegacia de Policia Civil de Boa Viagem onde foram apresentados ao Delegado plantonista.
Sertão Alerta

Previdência dos municípios é tema de seminário dia 25 de maio no TCE



24 DE MAIO, QUINTA-FEIRA
Dos 184 municípios do Estado do Ceará, cerca de 60 pagam aposentadorias e pensões a seus servidores públicos titulares de cargo efetivo por meio de regimes próprios de previdência social (RPPS), aqueles independentes do Regime Geral administrado pelo INSS. Para orientar e discutir sobre a sustentabilidade, eficiência e equilíbrio financeiro e atuarial desses fundos específicos, o Tribunal de Contas do Estado do Ceará juntamente com Ministério Público do Estado, Escola de Gestão Pública (EGP) e Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) promoverão seminário no dia 25/5 (sexta-feira), na sede da Corte, das 8h às 16h30. 
As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até a véspera do evento pela página do Sistema de Gestão Educacional (Siged), do Instituto Plácido Castelo (IPC). Além de agentes que atuam na área, o público-alvo inclui servidores e gestores públicos em geral e servidores e membros do próprio TCE.
Na programação estão previstos cinco temas, distribuídos em três painéis: Responsabilização dos Gestores; Compensação Previdenciária e a Concessão de Benefícios no RPPS; e Desafios para a Gestão e Sustentabilidade. 
Como palestrantes e debatedores constam nomes como Narlon Gutierre Nogueira (subsecretário dos Regimes Próprios de Previdência Social da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda); José Silderlândio do Nascimento (promotor de Justiça); e Robson Fontoura (coordenador da Gestão Previdenciária do Estado - Cprev). Do TCE, participarão Raimir Holanda (secretário de Controle Externo); Ricardo Dias (gerente de Avaliação de Políticas Públicas); e Marcos Teixeira (analista de Controle Externo).
Além de outras autoridades, a abertura terá a presença do presidente do TCE, Edilberto Pontes, do conselheiro Alexandre Figueiredo, diretor-presidente do IPC, de Elder Ximenes Filho, promotor de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional da Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa - CAODPP, e dos diretores do IPC, Hilária Barreto e Francisco Otávio.
Papel do TCE

Sob vaias e aplausos, Bolsonaro critica postura do Ministério Público



Sob vaias e aplausos, o presidenciável do PSL, deputado Jair Bolsonaro (RJ), criticou nesta quarta-feira (23) a postura do Ministério Público e ressaltou que todo gestor público pode errar.
Em encontro com prefeitos e vereadores, ele afirmou que administradores públicos têm medo de responder por denúncias de improbidade administrativa, o que precisa ser mudado.
"Temos de ter coragem de falar sobre o Ministério Público. Faz um bom trabalho? Em parte, sim. Mas tem seus problemas. Que prefeito não fica com medo ou preocupado respondendo por improbidade administrativa? Temos de mudar isso", afirmou.
Segundo ele, o Ministério Público tem de ser parceiro e colaborar no desenvolvimento do Brasil. 
"Não é dizer que não vai ter mais fiscalização, não é isso. Mas temos de ser prefeitos, governadores e presidente sem medo. Todos nós podemos errar. E não é do erro que vem acontecendo, vem uma lapada em cima da cabeça da gente", disse.
No fim do evento, perguntado pela imprensa se a crítica contradiz o discurso do presidenciável contra a corrupção, Bolsonaro negou que as avaliações sejam conflitantes.
"Tem nada a ver uma coisa com outra. Tem que ter bom senso. Até um simples fiscal não pode chegar num estabelecimento e meter a mão na caneta. Orienta num primeiro momento. Quem nunca reclamou de uma multa de trânsito? Esta é a intenção. O combate à corrupção tem que continuar", disse.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...